Aprenda a lidar com crianças hiperactivas (TDAH)

PorSara Paiva

Aprenda a lidar com crianças hiperactivas (TDAH)

Cada vez mais vemos crianças que sofrem de TDAH. Esta condição psiquiátrica pode levar os pais das crianças hiperactivas a um desgaste enorme, mas que afecta também todos os educadores, como os professores.

Para saber como lidar com crianças hiperactivas, é importante que saiba o que é o TDAH, para que depois possa saber como agir.

O que é TDAH?

TDAH é a sigla para Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperactividade. Este é um transtorno neurológico, e pensa-se que tem origem genética na maior parte das vezes.

Assim como a hereditariedade, podemos também incluir alguns factores externos como estando na origem deste distúrbio. Por exemplo, conflitos familiares frequentes podem dar origem ao transtorno. Expor as crianças a situações de grande stress está também associado ao desenvolvimento deste transtorno.

Algumas vertentes também referem a deficiência vitamínica como uma das condições para o desenvolvimento de TDAH, assim como sofrimento fetal, contaminação por chumbo, deficiência hormonal, e ingestão de álcool durante a gravidez.

As crianças que sofrem deste transtorno apresentam sintomas como:

  • inquietude
  • impulsividade
  • dificuldade de concentração
  • dificuldade em manter o foco
  • problemas com a organização
  • problemas com a disciplina

Estes sintomas acompanham a criança até à idade adulta, acompanhando-a durante toda a vida, e somente poderão ser amenizados com tratamento e acompanhamento profissional.

Tratamento

A partir dos 8 anos de idade poderá começar os tratamentos com remédios. A medicação administrada tem como objectivo melhorar a capacidade de concentração, controlar a ansiedade e inquietude.

Além da medicação, é importante ter um acompanhamento psicológico. Inicialmente serão feitas actividades lúdicas de forma a desenvolver os níveis de concentração e atenção gradualmente.

Dicas para lidar com crianças hiperactivas

Apesar do tratamento ser muito eficaz, a verdade é que convive com uma criança que sofre de TDAH é ainda muito difícil. Saber lidar com crianças hiperactivas requer a adopção de algumas atitudes específicas.

Antes de mais nada, vale a pena frisar que é necessário que se imponham limites à criança. Não é porque ela sofre de um transtorno que pode fazer tudo o que quer. Ainda mais neste caso, que elas têm uma tendência para a intolerância às regras. É por isso que, ainda mais do que em crianças normal, é extremamente importante que os pais imponham limites desde logo, implementando um sistema de recompensas e punições, de forma a demonstrar à criança que é muito importante que elas respeitem as regras.

Outro passo importante é incentivar a que as crianças hiperactivas mantenham a disciplina e a organização, especialmente no que toca às actividades escolares. Poderá recorrer a agendas e cronogramas de forma a estimular as crianças a manterem uma rotina diária que seja produtiva para a elas.

Muito importante: Tenha paciência! Sabemos que às vezes é fácil perder a cabeça, mas a verdade é que repreender não é sempre o melhor caminho. Compreender a criança é fundamental para saber lidar com ela da melhor maneira possível, sempre mantendo o bom-humor. Lembre-se que a criança nem sempre tem consciência do que faz, nem que está a fazer algo de errado.

Outra dica útil – Nunca faça comparações. Muitas vezes os pais comparam os filhos com outras crianças para que os seus mudem de comportamento. Mas, no caso das crianças com TDAH, a comparação não é, de todo, uma coisa saudável. Para eles algumas actividades apresentam níveis de dificuldade muito superior. Ora, como tal, poderá criar na criança problemas sérios de auto-estima que se poderão agravar com o passar do tempo.

Espero tê-lo ajudado a perceber melhor o que é o TDAH, e não se esqueça de seguir as nossas dicas para lidar com crianças hiperactivas.

Sobre o autor

Sara Paiva editor

Deixar uma resposta