Arquivo da categoria Eventos Passados

PorGelson Daniel

CURSO DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA E TESTES

CURSO DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA E TESTES

Com: Dr. Bianca Ribeiro
Dia 27-31 de Maio
Local Universidade Oscar Ribas
Horário: 16 às 20Horas
Investimento 20.000
Info:991888347/925272980

O que vamos ensinar e aprender?

1. História e conceito da avaliação psicológica;

2.Avaliação psicológica nas diferentes abordagens/ linhas da psicologia;

3.Processos de uma avaliação psicológica;

4.Áreas para utilizar a avaliação psicológica;

Que testes vamos ensinar e aprender a aplicar? Testes que estão sendo adaptados e validados em Angola e produzidos pela VETOR EDITORA…

1.A história dos testes psicológicos;

2.A história dos testes psicológicos em Angola;

3.Testes psicológicos;

a) HTP;
b) BPA;
c) Palográfico.

PorGelson Daniel

CURSO DE PSICOPATOLOGIA GERAL

CURSO DE PSICOPATOLOGIA GERAL

  1. Identificação do Curso

Nome do Curso: PSICOPATOLOGIA

Área do conhecimento: PSICOLOGIA CLÍNICA E JURÍDICA

Carga horária: 80 horas/aula

Previsão do nº máximo de vagas:  200

Datas:SETEMBRO 2019.

  1. Professor(a) responsável

Organizadores: EGFOCUS – Serviços especializados de psicologia

Ministrante: ALTIERE DUARTE PONCIANO LIMA

 MINI-CURRÍCULO: Possui graduação em Psicologia pela Universidade da Amazônia (2008). Fez formação em Saúde Mental e Direito no IPq – USP com habilitação a perícia psicológica. Está cursando o Mestrado Internacional em Ciências Criminológico-Forense na Universidad de Ciencias Empresariales y Sociales de Buenos Aires, Argentina. Aluno da formação em Psicanálise do Corpo Freudiano – Escola de Psicanálise – Seção Belém. Atua como psicólogo clínico e jurídico, além de exercer cargos de responsável técnico e diretor executivo da Fortiori Consultoria em Psicologia. Professor da Pós-graduação em Avaliação Psicológica da Dalmass – Escola de Líderes, ministrando aulas nos módulos de Avaliação Psicológica no Contexto Pericial e Forense, Elaboração de Documentos provenientes de Avaliação Psicológica, Orientação Profissional e de Carreira e Supervisão. Atua como Perito Ad Hoc e Assistente Técnico em causa Civis, Criminais e Trabalhistas. Desenvolve pesquisa sobre interface do Direito Penal com a Psicanálise, em especial a atuação do Psicólogo no Sistema Prisional Brasileiro, o Exame Criminológico e a Individualização da Execução da Pena pelas estruturas clínicas da Psicanálise. Foi presidente da Associação Brasileira de Psicologia Jurídica -ABPJ, gestão 2015-2017. É Diretor da Regional Norte da Associação Brasileira de Psicologia Jurídica – ABPJ, gestão 2017-2019. É coordenador do Projeto de Pesquisa e Extensão Psicologia nas Ruas com objetivo de reduzir riscos e levar informação a população sobre saúde mental e qualidade de vida. É coordenador no Estado do Pará do Projeto GDUCC – Grupo de Diálogo Universidade-Cárcere-Comunidade, uma parceria da USP-FORTIORI-SUSIPE. É coordenador técnico de Psicologia Clínica e Jurídica da EgFocus em Luanda, Angola.

  1. Justificativa

Um dos aspectos mais importantes do atendimento psicológico, independente da área de atuação, é o reconhecimento de sintomas psiquiátricos conscientes que são patológicos. Sem este conhecimento o tratamento psicoterapêutico pode ocorrer com grandes chances de insucessos, tendo em vista que os fatores psíquicos e somáticos estão intimamente interligados e podem interferir significativamente no processo.

É necessário haver uma correta integração entre os aspectos biopsicosociohistóricos do individuo e a evolução de seus sintomas para um diagnóstico pontual e assim seja prescrita a dose correta de medicação e o tratamento seja otimizado e as chances de sucesso sejam maiores do ponto de vista psiquiátrico e psicológico.

Compreender os fenômenos psicopatológicos requer estudo aprofundado de outras categorias que compreendem desde o nascimento dos estudos da psicopatologia dos funcionamentos psíquicos, a quem os discursos de controle dos pacientes adoecidos servem e como é possível dialogar no campo da multi e interdisciplina a partir de saberes como a semiologia, medicina, psiquiatria e psicologia.

Métodos de diagnóstico também são necessários para que os mesmos sejam baseados em evidências científicas e assim possa ser dado um melhor direcionamento quanto ao prognóstico.

 

  1. Objetivos

Instrumentalizar o aluno para promover análises e reflexões críticas sobre as principais características das doenças psicopatológicas, conhecendo todos os sistemas de classificação, as categorias nosológicas, os critérios diagnósticos e os possíveis prognósticos.

  1. Público alvo e Pré-requisitos:

Alunos e profissionais de psicologia e áreas afins

  1. Ementa:

A história da loucura; Diálogo entre Medicina, Psiquiatria, Psicologia e Saúde Mental; Aspectos gerais da Semiologia Psiquiátrica; Definição de Psicopatologia; O conceito de normalidade; Princípios Gerais do diagnóstico e psicopatologia; Compêndio, CID-10  e DSM-V; Avaliando os paciente e as funções psíquicas alteradas; Consciência; Atenção, Orientação Tempo e Espaço;  Sensopercepção, Memória, Afetividade; Vontade, Psicomotricidade; Pensamento; Juízo de realidade; Linguagem, Inteligência, Personalidade; Diferença entre Sintoma e Síndrome; Demências; Alzheimer; Ansiedade, Humor; Depressão, Mania; Bipolaridade; Fobias; Transtorno Obsessivo-Compulsivo; Somatizações; Conversões Histéricas; Transtornos Alimentares; Psicoses; Esquizofrenia; Paranóia; Substâncias Psicoativas; Alcool; Tabaco; Maconha; Cocaína; Crack; Síndromes sexuais; Transtornos da Personalidade; Paranóide; Esquizóide; Esquizotípica; Dependente; Evitante; Obsessivo-compulsiva; Borderline; Antissocial; Narcisista; Histriônica; Transtornos da infância e da adolescência; Desenvolvimento da criança e do adolescente; Transtornos do neurodesenvolvimento; Deficiências intelectuais; Transtorno da linguagem, da fala, da fluência, da comunicação social; Transtorno do espectro autista; Transtorno do Déficit de Atenção/Hiperatividade; Transtornos específicos da aprendizagem; Transtornos motores; Transtornos alimentares; Transtorno de ansiedade; Transtornos do humor-depressão; Transtorno fóbico-ansioso; Transtorno de ansiedade social; Transtorno de conduta; Problemas de relacionamento com os pais; Abuso, negligência e maus tratos; Estudos de Caso.

  1. Metodologia

Aulas expositivas divididas em 04 módulos.

  1. Introdução a Psicopatologia Geral – 30 horas.

  2. Transtornos da Infância e da Adolescência – 20 horas.

  3. Transtornos de Personalidade – 10 horas

  4. Psicopatologia Forense – 20 horas.

 

PorGelson Daniel

APLICAÇÃO DOS TESTES PSICOTÉCNCOS NO PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

 

CURSO: APLICAÇÃO DOS TESTES PSICOTÉCNCOS NO PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO.

TEORIA E PRÁTICA

O valor mais importante de qualquer organização é o capital humano ( Adam Smith).

O mercado de trabalho está cada vez mais exigente e na altura de escolher um futuro colaborador as organizações preparam-se da melhor maneira para encontrarem o candidato certo. É no processo de recrutamento e seleção que tudo acontece e onde se tomam das decisões mais importantes para o rumo da organização.

Infelizmente muitas organizações ainda usam métodos arcaicos como influência, nepotismo, corrupção, e outros comprometendo o risco do sucesso da organização.

Nosso foco é ajudar as organizações a recrutarem as pessoas certas para os lugares certos.

Destinatários: Estudantes universitários nos cursos de RH, Gestão e Administração de Empresas, e áreas afins, Gestores de RH e outros profissionais.

 Objectivos:  “O curso de aplicação de Testes Psicotécnicos no processo de RS” pretende dotar os  participantes de competências que lhes permitam ser bem-sucedidos nos processos de Recrutamento e Seleção, simulando e praticando diferentes cenários no processo de RS.

A Nossa Metodologia

O modelo de formação proposto incluirá uma componente teórica mas, sobretudo, uma componente prática, com recurso a Data show pedagógicos e  rolle-plays.  O  objectivo é simular e praticar.

Conteúdo programático do curso:

  1. Recrutamento e seleção de candidatos

  1. Processo de recrutamento e suas metodologias (Sector Público e Privado)

  2. Recrutamento Interno (Vantagens e Desvantagens)

  3. Recrutamento Externo (Vantagens e Desvantagens)

  1. Testes Psicotécnicos

  1. Metodologias para aplicação dos testes Psicotécnicos

  2. Importância dos testes psicotécnicos no processo de RS

  1. Aplicação dos Testes Psicotécnicos (Da Teoria à Prática)

  1. Aplicação das baterias RN (Raciocínio Numérico)

  2. Aplicação das baterias RV (Raciocínio Verbal)

  1. OUTROS TESTES INTERNACIONAIS

  1. SHL

  2. PDA

  3. THOMAS INTERNATIONAL

  4. HOLLAND CODES INTERNATIONAL

  5. DISC

PorGelson Daniel

1° SEMINÁRIO ANGOLANO DE INVESTIGAÇÃO CRIMINAL E ANÁLISE COMPORTAMENTAL

PROJECTO FORMATIVO EG.FOCUS

1° SEMINÁRIO ANGOLANO DE INVESTIGAÇÃO CRIMINAL E ANÁLISE COMPORTAMENTAL

O mundo actual tem vindo a constatar cada vez mais com uma progressiva diversificação e sofisticação das práticas criminais. Por conseguintes, os dias que correm reforça a necessidade das instâncias da justiça se dotarem de conhecimentos especializados provenientes da ciência psicológica e dos elementos da polícia científica.

A criminalidade humana, ampla e complexa, sendo os contributos da psicologia e da investigação Criminal elementos fulcrais para a compreensão, avaliação e investigação nos fenómenos criminais.

A psicologia e a lei apesar de possuírem o objectivo comum de compreenderem a natureza humana fazem através de enfoques distintos. Desta forma, a psicologia tem encontrado no domínio legal e criminal, desde há vários anos, novas oportunidades de afirmação.

Estas iniciativas pretendem dissipar mitos, partilhando um conjunto significativo de investigação e competência práticas com validade científica e exemplos do mundo real que se reflecte num conteúdo programático de grande actualidade e pertinência.

“A forma como entendemos a mente Pode ser Ferramenta chave para enfrentar a criminalidade”.

PLANO FORMATIVA

Módulo I – INVESTIGAÇÃO CRIMINAL E ANALISE COMPORTAMENTAL 

1.Apresentação do “Inquérito EG FOCUS e Justificativa do Seminário”(Gelson Daniel)

  • Tema I: Violência Sexual: “Violência e Incesto” (Prelector Altiere Ponciano)

  • Tema II: “Processo Penal” (Prelector Evaristo Maneco)

  • Tema III: “ Maus Tratos Psicológicos a Pessoa Idosa” (Prelector Manuel Zau)

PRELECTORES:

  • DOUTOR  ALTIERE PONCIANO – PSIDOLOGO JURIDICO E CRIMINOLOGISTA

  • DOUTOREVARISTO MANECO – JURISTA

  • DR. VIGILIO TYOVA – JURISTA E DEPUTADO

  • DR. NUNO PIMPÃO – PSICOLOGO CLINICO

  • DR. BENJA SATULA

DESTINATÁRIOS:

O curso aqui apresentado destina-se a Profissionais da área do Ministério do Interior (Policia Nacional, Serviço de Investigação Criminal, Serviço de Migração e Estrangeiro, Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, Serviços Prisionais) e da Policia Judiciaria Militar, Psicólogos Criminais & Forense, Advogados e Juristas, Sociólogos, Assistentes Sociais, e estudantes finalistas e do 3º ano das áreas afins.

 

PorGelson Daniel

CURSO INTENSIVO DE PSICOLOGIA CRIMINAL & FORENSE 

PROJECTO FORMATIVO

 

O mundo atual tem vindo a constatar cada vez mais uma progressiva diversificação e sofisticação das práticas criminais. Por conseguinte, os dias que correm reforçam a necessidade das instâncias da justiça se dotarem de conhecimentos especializados provenientes da ciência psicológica, bem como os profissionais desta área de investirem na sua formação.

A criminalidade humana é ampla e complexa. Á Psicologia como disciplina científica que estuda o comportamento e possui poder explicativo e preditivo compete proporcionar um corpo de conhecimentos estruturados, assim como técnicas de avaliação, prevenção e intervenção.

A Psicologia e a lei apesar de possuírem o objecto comum para compreenderem a natureza humana fazem-no através de enfoques distintos. Desta forma a psicologia tem encontrado no domínio legal e criminal, desde há vários anos, novas oportunidades de afirmação. Contudo, as exigências com que os psicólogos se deparam nessa esfera assumem por vezes contornos paradoxais que exigem conhecimentos específicos.

O curso intensivo apresentado, á Sua Excelência Sr. Ministro do Interior, pretende dissipar mitos, partilhando um conjunto significativo de investigações e competências práticas com validade científica e exemplos do mundo real que se reflete num conteúdo programático de grande atualidade e pertinência.

 

 

“A FORMA COMO ENTENDEMOS A MENTE PODE SER A FERRAMENTA CHAVE PARA ENFRENTAR A CRIMINALIDADE”

 

 

 

 

 

 

PROGRAMA DE FORMAÇÃO

 

Módulo I – Avaliação Psicológica em Contexto Forense

Sessão 1 – Psicologia & Crime: Noções Introdutórias e Aspectos Centrais

Sessão 2 – a Psicologia Forense na Ciências Forenses & Principais Fundamentos da Testagem Psicológica

Sessão 3 –Avaliação Instrumental (Parte I)

Sessão 4 – Avaliação Instrumental (Parte II)

Sessão 5 – O Relatório Pericial Forense & o Perito

 

Módulo II – Vitimologia & Agressores

Sessão 6 – Introdução á Vitimologia

Sessão 7 – Violência Conjugal

Sessão 8 – Abuso sexual de Crianças

Sessão 9 – Maus tratos a Idosos

Sessão 10 – Crime & Perturbações de Personalidade

 

DESTINATÁRIOS:

O curso aqui apresentado destina-se a Profissionais da área do Ministério do Interior (Policia Nacional, Serviço de Investigação Criminal, Serviço de Migração e Estrangeiro, Serviço de Proteção Civil e Bombeiros, Serviços Prisionais) e da Policia Judiciaria Militar, Psicologos Criminais & Forense, Advogados e Juristas, Sociologos, Assistentes Sociais, e estudantes finalistas das áreas afins.

 

FUNCIONAMENTO:

O presente curso está programado para o período compreendido de dois dias, sendo o dia vinte e três à vinte e quatro do ano em curso.

 

 

 

PorGelson Daniel

CURSO GESTÃO ESTRATÉGICA E RECURSOS HUMANOS

CURSO GESTÃO ESTRATÉGICA E RECURSOS HUMANOS

Área do conhecimento: PSICOLOGIA E GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
Previsão do nº máximo de vagas: 33.
Datas: 07 e 08 de FEVEREIRO
Local: EG-FOCUS, SEDE
Horário: 14H00M-18H00M
Investimento: 13.000.00

Ministrantes:
✓ Dr. Gualter CÉSAR
PORQUÊ FAZER ESTE CURSO?
Durante muito tempo, as organizações remeteram as Direcções de Recursos Humanos, a tarefa exclusiva de processamento de salários. Porém, nos últimos tempos se tem observado que as empresas que melhores resultados apresentam são aquelas que efectivamente prestam e acrescentam mais valor nas pessoas que nela trabalham.

Mas, como atingir estes resultados? Como perceber o que motiva os funcionários de uma organização? Como atrair e reter os melhores talentos para organização? Como avaliá-los? Como gerir a sua carreira? Daí surge a necessidade do Psicólogo Organizacional pois ele é o profissional que percebe os comportamentos dentro da organização.

Pois percebemos que o recurso mais importante para qualquer organização são as pessoas.

Este curso foi projectado para Psicólogos Organizacionais, Gestores de RH, ou até mesmo estudantes do curso de Gestão e Psicologia Organizacional e a ideia principal é que existem competências e comportamentos que podem ser ensinados que levam as organizações ao sucesso.

QUAL O OBJETIVOS DESTE CURSO?
O objectivo deste curso é a promoção do papel do Psicólogo Organizacional, visando ajudar os Psicólogos, Gestores de RH, a aplicarem os conceitos universais de Gestão de RH em ações concrectas, trazendo assim uma mudança de atitude as organizações onde estes estão inseridos. Também, dará a possibilidade de intercâmbio com vários profissionais do mercado de trabalho e conhecer as melhores práticas de gestão de RH.

O QUE VAIS APRENDER NESTE CURSO? (PROGRAMA)
• AVALIAÇÃO ESTRATÉGICA DE RH;
• O PAPEL DO PSICÓLOGO NA GESTÃO DE RH;
• O PSICÓLOGO NA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO;
• O PSICÓLOGO NO INQUÉRITO DE SATISFAÇÃO DE FUNCIONÁRIOS E CLIMA ORGANIZACIONAL;
• O PSICÓLOGO NO PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO;
• O PSICÓLOGO NA DEFINIÇÃO DOS PLANOS DE CARREIRAS;

PorEG-Focus

1° SEMINÁRIO ANGOLANO DE INVESTIGAÇÃO CRIMINAL E ANÁLISE COMPORTAMENTAL

A E.G.FOCUS, realizou em Luanda, o 1º Seminário de Investigação Criminal e Análise comportamental nos dias 13 e 14 de Outubro de 2016.

Curso teve a participação do formador Brasileiro Altier Ponciano.

O mundo actual tem vindo a constatar cada vez mais com uma progressiva diversificação e sofisticação das práticas criminais. Por conseguintes, os dias que correm reforça a necessidade das instâncias da justiça se dotarem de conhecimentos especializados provenientes da ciência psicológica e dos elementos da polícia científica.
A criminalidade humana, ampla e complexa, sendo os contributos da psicologia e da investigação Criminal elementos fulcrais para a compreensão, avaliação e investigação nos fenómenos criminais.
A psicologia e a lei apesar de possuírem o objectivo comum de compreenderem a natureza humana fazem através de enfoques distintos. Desta forma, a psicologia tem encontrado no domínio legal e criminal, desde há vários anos, novas oportunidades de afirmação.
A relevância deste seminário recai sobre a importância de poder despertar a sociedade que realmente se deve prestar grande atenção na investigação criminal bem como no comportamento a pessoa humana, pois só assim poderemos perceber bem fenómenos como a pedofilia, violência domestica, psicopatia entre outros pontos que ligam o direito e a psicologia.

“A FORMA COMO ENTENDEMOS A MENTE PODE SER A FERRAMENTA CHAVE PARA ENFRENTAR A CRIMINALIDADE”

Veja Algumas Imagens:

PorEG-Focus

Curso de Psicologia Criminal e Forense

A E.G.FOCUS, realizou em Luanda, o Primeiro Curso de Psicologia Criminal e Forense, que teve lugar nos dias 7 à 11 de Dezembro de 2015 na Mediateca de Luanda.
O curso contou com a participação de um formador português, Dr. Mauro Paulino, Psicologo Clinico e Forense.

O curso intensivo apresentado, preconizou essencialmente dissipar mitos, partilhando um conjunto significativo de investigações e competências práticas com validade científica e exemplos do mundo real que se reflecte num conteúdo programático de grande actualidade e pertinência.

O mundo atual tem vindo a constatar cada vez mais uma progressiva diversificação e sofisticação das práticas criminais. Por conseguinte, os dias que correm reforçam a necessidade das instâncias da justiça se dotarem de conhecimentos especializados provenientes da ciência psicológica, bem como os profissionais desta área de investirem na sua formação.

A criminalidade humana é ampla e complexa. Á Psicologia como disciplina científica que estuda o comportamento e possui poder explicativo e preditivo compete proporcionar um corpo de conhecimentos estruturados, assim como técnicas de avaliação, prevenção e intervenção.

A Psicologia e a lei apesar de possuírem o objecto comum para compreenderem a natureza humana fazem-no através de enfoques distintos. Desta forma a psicologia tem encontrado no domínio legal e criminal, desde há vários anos, novas oportunidades de afirmação. Contudo, as exigências com que os psicólogos se deparam nessa esfera assumem por vezes contornos paradoxais que exigem conhecimentos específicos. Dai a importância deste curso, de modo a capacitar os nossos profissionais, permitido que os mesmos estejam preparados as demandas profissionais dos últimos temos
“A FORMA COMO ENTENDEMOS A MENTE PODE SER A FERRAMENTA CHAVE PARA ENFRENTAR A CRIMINALIDADE”

Veja Algumas fotos do evento:

PorEG-Focus

Janeiro Branco

O Projecto Janeiro Branco faz do mês de Janeiro um marco temporal estratégico para que todas as pessoas reflictam, debatam e planejem acções em prol da Saúde Mental e da Felicidade em suas vidas. O projecto teve início em Brasil e já se espalhou para varias artes do mundo.
A EGFOCUS abraçou o projecto no ano 2016, tendo realizado diversas campanhas de promoção a saúde mental, a qual culminou com uma palestra no dia 13 de Janeiro na marginal de Luanda, sobre o tema Cuidando das emoções. Os painéis foram ministrado pelo Psicanalista Mateus Calueto e pelo activista social Valdemar Fonseca.

Constituiram objectivos deste projecto levado a pela EGFCOCUS:

1 – Fazer do mês de Janeiro o marco periódico estratégico para que todas as pessoas em Angola possam reflitir, debater e planejar as suas acções em prol da Saúde Mental e da Felicidade em suas vidas ao longo de todo o ano;
2 – Chamar a atenção da nossa comunidade importância Saúde Mental nas vidas das pessoas;
3 – Aproveitar o início de todo ano para incentivar as pessoas a pensarem a respeito das suas vidas, dos seus relacionamentos e do que andam fazendo para serem verdadeiramente felizes;
4 – Chamar a atenção das pessoas para pensarem a respeito do que precisam mudar em suas vidas para serem, realmente, felizes;
5 – Mostrar às pessoas que sempre é possível o fechamento e a abertura de novos ciclos em busca da Felicidade em suas vidas – afinal, ano novo, vida nova, mente nova!
#QuemCuidaDaMenteCuidaDaVida

Janeiro é um mês, naturalmente, terapêutico.
Façamos da sua estratégica posição um ponto de partida
privilegiado a partir do qual as pessoas movam-se
em busca de mais sentidos positivos para as suas vidas.

PorEG-Focus

Curso de Elaboração de Documentos Psicológicos

 

A EG-FOCUS, Serviços Especializados de Psicologia apresentou o curso de Elaboração de documentos Psicológico.
O Curso teve como principal objectivo de capacitar os Profissionais à elaboração de documentos escritos decorrentes de Avaliação Psicológica (laudo, pareceres, informe, relatório e outros documentos), informando-os essencialmente sobre os cuidados éticos e técnicos a serem observados nos diferentes contextos de Avaliação Psicológica.
Participação de 52 formandos das mais distintas áreas da Psicologia.
O Curso contou com a participação da formadora Dra. Loidy Vás de Almeida, Psicologa Clinica e Forense.

Veja abaixo algumas imagens do evento: