Como viver plenamente

PorSara Paiva

Como viver plenamente

Viver parece simples, mas a verdade é que não é! Muitas pessoas não sabem como viver plenamente e acabam por sofrer com isso, desde ansiedade, stress, a problemas mais sérios como depressão.

A maior parte das pessoas dedica-se a ter uma vida organizada e planeada ao máximo, com as ruas rotinas e horários bem delineados. Se é verdade que isso é um passo importante para que nos sintamos seguros, não é o suficiente.

Para conseguirmos viver plenamente é necessário, antes de tudo o resto, alcançar um estado interior de total equilíbrio, o qual deverá ser independente da estabilidade ou instabilidade dos factores externos da vida.

Desta forma não estamos dependentes das condições que a vida nos impõe, que muitas vezes estão fora do nosso alcance. Podemos ficar sem emprego de um dia para o outro, o casamento pode acabar, mas se tivermos o nosso interior em equilíbrio, nada poderá afectar a nossa paz interior.

Porque quando falamos em sermos plenos, falamos em sermos completos. Para tal é necessário aceitarmo-nos como somos, de forma a que não estejamos dependentes de ninguém para nos sentirmos bem, nem de nada.

A verdade é que, quando depositamos todas as nossas fichas em alguém, ou em alguma circunstância, corremos o risco de amanhã perdermos tudo.

Temos de ter em mente que o que não está dentro de nós é muito instável. Um dia podemos ter, outro não. Uns dias a vida corre-nos muito bem, mas nada no futuro é garantido.

É por isso que devemos ter as coisas controladas de dentro para fora, e não o contrário.

Equilíbrio interior para uma vida plena

Quando estamos em equilíbrio com o nosso interior, nada do que possa acontecer nos vai abalar de tal forma a que caiamos num precipício. Claro que nos abala, mas não caímos num poço profundo, e a facilidade com que nos recuperamos é muito maior.

Para conseguirmos alcançar esse estado é fundamental o autoconhecimento. Temos de conhecer e alinhar os nossos comportamentos aos nossos valores para que consigamos viver em harmonia com aquilo que acreditamos.

Só isso nos dá firmeza nas atitudes e escolhas que tomamos para a nossa vida, porque sempre iremos de encontro com aquilo que realmente queremos e somos.

Além disso, quando fazemos as coisas em prol daquilo que queremos, seremos sempre mais felizes, e é esse caminho para conseguirmos viver plenamente.

Sobre o autor

Sara Paiva editor

Deixar uma resposta