Quem deve procurar terapia?

PorSara Paiva

Quem deve procurar terapia?

Se é verdade que tem havido uma crescente procura de ajuda psicológica, também é verdade que muitas pessoas ainda se sentem relutantes quanto à terapia. Essa relutância é muito por falta de conhecimento, pensando que só precisa de um psicólogo um maluco.

No entanto, a terapia traz vários benefícios para as pessoas, melhorando muito a sua qualidade de vida.

Os psicólogos não tratam malucos, nem estão ali a ouvir para dar conselhos. Tampouco o psicólogo está ali a ouvir o paciente horas e horas só a pensar no dinheiro que vão ganhar.

A psicologia pode realmente mudar a vida das pessoas, e para melhor. Em muitos casos esta melhoria não demora muito tempo e as pessoas podem ver os resultados num curto período de tempo.

Para que essa melhoria seja ainda mais visível, quer psicólogo quer o cliente precisam trabalhar juntos no processo terapêutico. Muitos estabelecem uma relação de confiança, uma verdadeira aliança para que os objectivos sejam conquistados.

Terapia cognitivo-comportamental

A terapia cognitivo-comportamental é uma das vertentes da psicologia que mais tem sido procurada por parte das pessoas em geral. Ela tem como principal objectivo olhar para o presente de forma a melhorá-lo.

Assim sendo, os psicólogos desta área clínica identificam pensamentos, comportamentos, estados de humor e reacções físicas para que o cliente possa compreender como todos esses factores influenciam o seu dia-a-dia.

Neste tipo de terapia, os clientes aprendem algumas técnicas para que eles consigam compreender o seu eu, e de que forma estão a interferir no prolongamento dos problemas. Assim conseguem arranjar uma solução eficaz para resolver os problemas que o atormentam.

Para quem é útil a terapia?

Todas as pessoas podem beneficiar-se de terapia. Não é exclusiva daqueles que têm algum tipo de distúrbio ou transtorno.

Uma das grandes vantagens da terapia é que ela ajuda no processo de autoconhecimento, essencial para uma vida plena e feliz.

É excelente por isso para melhorar relacionamentos, ultrapassar traumas e medos, melhorar a auto-estima, e até a melhorar o desempenho no trabalho.

Outra vantagem da terapia está na prevenção. Sempre ouvimos dizer que prevenir é o melhor remédio, mas geralmente só associamos isso a doenças físicas. Nunca nos lembramos de uma das partes mais importantes de nós, a nossa mente.

Muito por causa disso é que existe um número crescente de casos de ansiedade

A única coisa que é preciso, e realmente indispensável, é que o cliente queira ser ajudado, pois sozinho o psicólogo não faz nada. É preciso uma relação de confiança entre eles.

Sobre o autor

Sara Paiva editor

Deixar uma resposta