“QUINTAS-ICRA – XIX – EDIÇÃO Homenagem Nádia Patricia Simão Manuel”

PorGelson Daniel

“QUINTAS-ICRA – XIX – EDIÇÃO Homenagem Nádia Patricia Simão Manuel”

“QUINTAS-ICRA – XIX – EDIÇÃO”

Com: NÁDIA PATRÍCIA SIMÃO MANUEL

(Com direito à Escolta do Grande Monda Watembo  – na véspera do Internacional da Mulher)

Texto (Sousa Orlando Dos Santos)

#Nádia #Patrícia #Simão #Manuel é uma “Mulher-pequena” de alma gigante e coração generoso, é a primogénita da Tia Joana. Educadora Social (2008-2011- 16ª Geração), faz parte do grupo de estudantes que frequentaram o Ano Zero em 2007, ano em que foi considerada a melhor aluna com uma média de 16 valores ‘’tendo sido distinguida como Quadro de Honra ’’. – #Nádia #Patrícia, fez uma longa e bela caminhada no Instituto de Ciências Religiosas de Angola-ICRA-Luanda ‘’ Desde o Ano Zero até ao 4º Ano’’. Por incrível que pareça (( Nádia foi um grande obstáculo para nós ‘’ OS MACHOS DA TURMA’’ ????. Você tenta já “bukar buéééééé” e na hora de receber as provas é golo… ela rebenta já um 19 e nós “bwé-de” 12/14…. Isto motivava cada vez mais a menina do Cassequel , com força, vontade, sacrifício e determinação no 1º ano outra distinção de Quadro de Honra. Os professores tinham boas referências dela (Bruno Julio Kambundo Kambundo, Wagner Bulica, Emilia Lima, Ondino Freire). Brilhante estudante. Em 2007 apesar de algumas dificuldades à L. Portuguesa, porque acabava de chegar da África do Sul, escreve e fala fluentemente o Inglês. Eu Sousa Orlando Dos Santos, sempre que fosse época do exame oral de Inglês ‘‘ rezava 20 “Pai-Nosso” e 30 Ave-Maria’’ para não calhar com está descendente de William Shakespeare […] Teve um Estágio de Comunidade excelente, sob orientação do Dr. Roque Umbarna Província de Benguela, após dois anos de jejum ( 2º e 3º ano) em 2011, isto no 4º ano foi distinguida novamente como Quadro de Honra.

No 1º ano teve uma recaída que obrigou os rapazes a saírem da sala (àquilo gerou problema grande, todos rapazes queriam saber o que teria se passado, nem o Alberto Chicale Carlos Carlos, considerado o polêmico da geração teria informações credíveis/ não faltaram as especulações de uma possível gravidez) Maria Prôa, entre nós no off podes nos explicar o que havia se passado na altura?.

Em 2009, isto no 2º ano na prova de Psicologia Social ‘’ todos tensos., e preocupados com a 1º prova do Dr. Figueira, no decorrer da prova a Nádia passou mal e teve de abandonar a sala (estavam decorridos 10 minutos). Quando chegou o dia de entrega das provas: O “Ti-Figueira” chama: Nádia Patrícia Manuel: Ôh é a doente? Teve a maior nota 16 valores. (( Muitos no silêncio discordaram, sobretudo, pelo facto dela nem ter ficado 11 minutos a resolver a prova…, Hélder Hélder Rosária confirma) -Nunca tinha visto a Nádia Patrícia, tão desanimada. Lembro-me e muito bem numa das aulas de Técnicas de Comunicação ‘’ com a Ira. Graça’’ a professora passava em cada carteira para ver a mensagem que cada estudante fez no seu cartaz … Nádia havia escrito o seguinte: ‘’COMUNISMO ‘’ a professora exclamou (( com o sotaque brasileiro)): ÔÔhhh ‘’ COMUNISMO’’ COMUNISMO’ [[ COMUNISMO NÃOOO, COMUNISMO NÃOO]] OKawawa Ondombiyalungu Kisalangu Derleck, como era o nosso delegado transformou está Sena em “Estiga”/Insulto. . Se me permitam que eu faça esta pergunta; Mô Adérito Loure-Ma Ackbaar, que avaliação fazes da mana Nádia???? Sei que vocês eram como “CÃO e GATA”. ’ também há rumores que você gostava da miúda que nem o Oliver Rodrigues Paquete. Nádia, fez uma caminhada brilhante na Universidade Católica de Angola-UCAN, (Hoje é licenciada em Psicologia do Trabalho e das Organizações).

Texto Final (Kawawa Ondombiyalungu Kisalangu Derleck)

Monda Watembo testemunha só a cena da mudança do local de estágio de instituição do 3º ano…, apercebendo-se que estaria com Adérito Loure-Ma Ackbaar e Kawawa no referido estágio, Nádia expressou uma grande alegria, como o estágio seria no Sambizanga (zona melindrosa) achou-se por bem colocar apenas homens ( foi guerra com a baixinha); Meu Kota Monda Watembo conta também a cena da alteração do estágio de Comunidade…, bons tempos.

Adérito Loure-Ma Ackbaar travou muitas barras com a nossa homenageada (e com justa razão / algumas vezes ????); numa turma onde estava o Gigante José Dias Mateus, Sousa Orlando Dos Santos, o melhor Delegado de todos os tempos do ICRA, quem disse que uma mulher é que deveria ter as maiores notas?! (“Napinguirita” ????), por isso os debates durante as aulas eram muito acesos…, Grande Mulher e Educadora Social, penso que ao abrir o Mês à elas dedicada, temos uma grande Educadora.
Vamos só Quintar!!!


Otelson Rendeiro, Mano Gelson Daniel pode bumbar no sentido, Deolinda Vondo, Vany Xiri venham ver a Kamba-Irmã; Edmia Kupessa Edmia Kupessa, Neusa Margareth Manuel, Gelson De Oliveira MA, Leal Mundundevem declamar, Prof. Pedro Santa Maria não nos deixa mal. Mano Adão Morais Iango, Angelino Maturino Chilemba Nomarca, Balduino Franco Almeida, Inacio Antonio é nossa Quinta.
VIVA O MARÇO MULHER!

Sobre o autor

Gelson Daniel editor

Kawawa Ondombiyalungu Kisalangu DerleckcPublicado em7:03 pm - Mar 7, 2019

Avante Família ICRA!

Deixar uma resposta